- PUBLICIDADE -

O discurso salarial chegou ao limite dentro da Corporação! Honestidade e transparência CABE PARA TODOS!

Ontem durante a reunião com o Senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF), o presidente do partido no DF e os companheiros da Chapa CABE PARA TODOS ficou claro que o discurso salarial dentro da Corporação chegou ao limite.
A reunião foi muito proveitosa, no sentido de buscarmos alternativas para superarmos as dificuldades de aumento nos próximos anos. Segundo o senador, em decorrência da discussão da PEC 300, será muito difícil conquistarmos algum aumento nos próximos anos, por meio do Congresso Nacional. Precisamos buscar alternativas por meio de aumentos oriundos de recursos do próprio GDF. Sejam eles em cima da Etapa alimentação, Auxílio Moradia, ou até mesmo pela criação do Auxílio transporte, o que não atenderia os anseios dos inativos. Além é claro, da reestruturação da carreira com a criação de novas vagas e aumento do efetivo. Cada escolha será uma renúncia. Precisamos saber muito bem o que pediremos, pois teremos várias consequências oriundas de nossos pedidos.
Terça-feira teremos o lançamento oficial da chapa CABE PARA TODOS. Conto com a presença dos amigos.
QNL 06 – CHÁCARA MIZUNO 18, TAGUATINGA NORTE – 20 h

Conheça nosso time:
http://www.cabeparatodos.com.br/cpt/index.php?option=com_content&view=featured&Itemid=435

Nessa reunião tivemos a oportunidade de discutir a Lei 12.086/09 e as dificuldades de aumento em decorrência da Lei de Responsabilidade Fiscal, o que foi confirmado pela entrevista do Secretário de Governo Paulo Tadeu ao Jornal de Brasília. Precisamos ficar atentos para não cometermos os mesmos erros do discurso dos professores durante o Governo do Prof. Cristovam Buarque, depois disso enfraqueceram muito o discurso, perdendo ganhos futuros, tendo que mudar o foco. O nosso discurso deve seguir a linha da melhoria da qualidade nos serviços prestados na segurança pública, perpassando pela valorização do policial, o que não significa só aumento salarial (espero que me entendam). Precisamos nos planejar a curto, médio e longo prazo. O ser humano é egoísta por natureza, a sociedade precisa saber quais são as vantagens para ela ao sermos valorizados (bem pagos), caso contrário ela não aceitará o custo benefício.

“Ele (Dep. Paulo Tadeu) confirmou que, para se adequar à Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), terá de suspender reajustes e contratações e não descartou a possibilidade de ramanejamentos internos de pessoal. O secretário também classificou como “naturais” os desentendimentos com a base governista na Câmara Legislativa, mas pediu respeito.”
Saiba mais sobre a entrevista do Sec. Paulo Tadeu acessando o link:
http://www.estacaodanoticia.com/index.php

Aderivaldo Cardoso
Aderivaldo Cardosohttps://policiamentointeligente.com
Especialista em segurança pública e cidadania, pós graduado pelo Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília
- PUBLICIDADE -

COMENTÁRIOS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -