- PUBLICIDADE -

Lei 12.086/09, prognóstico!

A lei 12.086/09 consegue me tirar o sono. Cada vez que tento analisá-la tenho insônia. Fazendo uma análise simplista e imediatista ela foi maravilhosa, mas analisando tecnicamente e pensando no futuro, criamos um monstro. Não temos o hábito de fazer análise de cenário, o que nos causa muitos problemas.
A tendência natural é que nossa cidade cresça e que sua população aumente. Inversamente a PMDF tende a diminuir a cada ano sem possibilidade de contratações para acompanhar o ritmo acelerado de pedidos de reserva. Temos as vagas, mas não podemos contratar. Isso me preocupa. Ainda bem que eu posso estar totalmente equivocado, nesse caso, só perderei minha credibilidade.

Antes dessa lei nosso efetivo era basicamente assim:

Antes de 2009 o efetivo de soldado oscilou entre 10mil e 9 mil soldados

Comparando as alterações da nova lei e colocando em foto semelhante podemos vizualizar melhor essa situação. Nesse caso, podemos afirmar que o efetivo atual pode ser representado de forma simplista da seguinte maneira:

Nos últimos dez anos o efetivo de soldado foi reduzido pela metade: 5564 – Fechamos a porta de entrada

Observem a inversão do funil. Teremos nos próximos anos uma evasão de aproximadamente 10 mil homens e não poderemos contratar mais que 4 mil soldados nos próximos dez anos.
Para quem pretende permanecer na Corporação pelos próximos vinte anos, pode ser alarmante. É preciso que alguma providência seja tomada. É necessária uma nova lei aumentando o efetivo de soldados urgente, caso contrário sofremos sérias consequências!!
Poderiam aproveitar e criar uma unidade para cada Região Administrativa do DF, já incluindo o efetivo necessário para tal fim. Agora é hora de pensar na população, já que nossa parte do bolo está sendo comida…

Aderivaldo Cardoso
Aderivaldo Cardosohttps://policiamentointeligente.com
Especialista em segurança pública e cidadania, pós graduado pelo Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília
Notícia anteriorDesafios do Comando…
Próximo notíciaBolsa Copa, parte II!
- PUBLICIDADE -

COMENTÁRIOS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -