- PUBLICIDADE -

A importância de agradecer em nossa formação

Ontem tive a oportunidade de levar minha filha, jogadora de vôlei, para assistir uma palestra do técnico da seleção brasileira de vôlei, José Roberto. Era uma palestra sobre liderança. Ela ficou fascinada e eu também, mas algo me chamou a atenção e me fez refletir: o quanto aquele homem teve uma vida difícil e o quanto ele é grato. Uma pessoa agradecida que descobriu o segredo revelado por Salomão em provérbios e Eclesiastes. Ele descobriu como a maioria das pessoas de sucesso que o segredo da vida é: “fazer o bem”, “respeitar o criador” e “agradecer as dádivas da vida”.

Ao refletir sobre isso não pude deixar de lembrar-me de minha conversa, na hora do almoço, com meu amigo sargento Alexandre. Falávamos sobre a importância da oração, da fé e principalmente sobre a importância de agradecer.

Sou um apaixonado pela bíblia e cada texto que leio tento ao máximo aplicá-lo em minha vida. Quando leio a história do povo hebreu não posso deixar de nos comparar a eles. Era um povo escravo no Egito que teve a oportunidade de ser liberto, mas que não sabia agradecer, apenas reclamava e murmurava, muitas vezes querendo retornar a terra da escravidão, por isso, permaneceram quarenta anos no deserto e a grande maioria não viu a terra prometida.

No Egito esse povo era humilhado, no deserto era testado constantemente. No deserto aprenderam sobre mobilização, sobre liderança, lá o lema era líder de 01 (um), líder de 10 (dez), líder de 100 (cem), líder de 1000 (mil), líder de 10.000 (dez mil). Reclamavam de tudo: do frio, do calor, da comida, da falta d´água, olhavam mais para o passado do que para o futuro. Muito semelhante ao que vejo nos blogs e nos quartéis.

Também já fui assim, até o dia que aprendi que o deserto dura em nossas vidas o tempo necessário para nos tornar uma pessoa melhor, até que o nosso coração reconheça quem é o “Criador” em nossas vidas. Se continuarmos focando no que não temos e não olharmos para nossas conquistas permaneceremos muito tempo no deserto.
Precisamos aprender a focar no que temos e não no que perdemos ou deixamos de ganhar. Precisamos aprender a agradecer as pequenas melhorias, as pequenas conquistas, pois um dia elas irão tornar-se grandes! Ser grato é o primeiro passo para atingir o sucesso!

Aderivaldo Cardoso
Aderivaldo Cardosohttps://policiamentointeligente.com
Especialista em segurança pública e cidadania, pós graduado pelo Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília
- PUBLICIDADE -

COMENTÁRIOS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -