- PUBLICIDADE -

Competição de capoeira no Rio tem espaço exclusivo para mulheres

A segunda edição da competição de capoeira ‘Volta do Mundo – Bambas’, que acontece neste sábado, na Barra da Tijuca, zona oeste da cidade do Rio de Janeiro, traz como novidade um card só de mulheres. Elas são chamadas de galácticas e, a exemplo dos capoeiristas homens, disputam o cinturão e um prêmio de R$ 5 mil.

Mas, segundo o organizador do evento e também capoeirista, Savério Scarpati, esta edição tem mais uma novidade, já que é uma competição de alto rendimento, exigindo muito fisicamente e emocionalmente dos atletas, a exemplo do que ocorre com as outras artes marciais.

Ele destaca que a capoeira é a única arte marcial genuinamente brasileira, e que traz um ênfase muito forte na cultura.

Entre as competidoras está Priscila dos Santos, conhecida como MC. Aos 28 anos, Priscila enfatiza que a participação na Volta do Mundo significa mostrar que as mulheres são capazes, porque além de cuidar do corpo e da alma, as mulheres trabalham, cuidam de filhos e de suas casas.

A primeira edição do evento aconteceu em agosto, A ideia, segundo Savério, é impulsionar ainda mais a capoeira na vida de quem já pratica e também apresentar o esporte a quem não conhece.
Os atletas são selecionados pela organização, através de seletivas nacionais e convites a grandes nomes, que se enfrentam em quatro estilos de jogos a cada rodada, em um espetáculo de energia, luta, velocidade, malícia e destreza corporal.

Redação
Redaçãohttps://policiamentointeligente.com
Portal Especializado em Segurança Pública e Política.
- PUBLICIDADE -

COMENTÁRIOS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -