- PUBLICIDADE -

PM compra capas de chuva em pleno período de seca

Da Redação, com agências
[email protected]
De cada R$ 4 a serem investidos pela Polícia Militar do Distrito Federal em projetos relativos à Copa das Confederações e à Copa de 2014, R$ 1 será usado para comprar capas de chuva. O detalhe é que a capital tem clima praticamente desértico no período entre junho e julho – época em que ocorrerão as competições.
 
Ao longo dos últimos três anos, nesses meses específicos, só houve registro de chuva no Distrito Federal em apenas quatro dias, conforme dados do  Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). E, ainda assim, com precipitação total de 6,5 mm -ou seja, em uma área de um metro quadrado, caíram 6,5 litros d’água.
Capas de chuva Capucha
 
Coletes
A previsão de gastos com as capas de chuva é de R$ 5,35 milhões. O valor previsto para proteger os policiais da chuva brasiliense é o triplo do programado para a aquisição de coletes a prova de balas (R$ 1,87 milhão), também dentro do projeto “Copa 2014”.
 
Serão adquiridas até 17 mil capas  – ao custo de R$ 315 cada uma. O número, contudo, pode ser menor, por tratar-se de uma licitação da modalidade “registro de preço”. Nesse tipo de seleção, a empresa vencedora garante o fornecimento das capas por um preço específico, mas elas só são entregues conforme a demanda da Polícia Militar.
 
O Governo do Distrito Federal defende a compra das capas de chuva. O Executivo local alega que, apesar de estar inserido na planilha de projetos para a Copa de 2014, a aquisição não será restrita para uso durante as competições.
 
“Esse é um equipamento de uso permanente do policial militar, para seu trabalho cotidiano no DF e durante as operações especiais voltadas a esses megaeventos”, informou o governo do DF, em nota oficial.
 
Versão oficial
A Polícia Militar argumenta que verificou existir “a real necessidade de se adquirir equipamentos de alta qualidade”. A instituição argumenta ainda que as capas darão maior proteção a policiais envolvidos em blitze de cumprimento à Lei Seca. 
 
Fonte: Da redação do clicabrasilia.com.br
563706_448063878614982_1999420821_n
Aderivaldo Cardoso
Aderivaldo Cardosohttps://policiamentointeligente.com
Especialista em segurança pública e cidadania, pós graduado pelo Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília
- PUBLICIDADE -

COMENTÁRIOS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -