- PUBLICIDADE -

Reunião com o novo comandante-geral no dia 22/05 (ontem)

Ontem recebi um convite da Rede Democrática que aceitei de bom grado, uma reunião com o novo comandante-geral. No encontro vi um homem habilidoso com as palavras e na política, pelo jeito um grande mediador de conflitos. Posso afirmar que é alguém que tem meu respeito, admiração e confiança. Precisamos dar sustentação ao seu comando. Separados somos fortes, juntos somos imbatíveis.

Panfleto

O QUE FOI DITO PELAS ASSOCIAÇÕES :

Assor-  Cel Brambilla, representante da ASSOR:

“Aqui está o grupo que sempre buscou as soluções para os problemas difíceis (…) desde as demandas mais simples até as mais complexas”(…) “que espera do comando retome as conversas acerca da reestruturação da carreira”

ARMILC – ST RICARDO PATO-   “que o CMT GERAL precisa acalmar os ânimos da categoria com algumas ações (…)solicitou que o CMT GERAL consiga intermediar um encontro entre o Governador e as associações. Disse ainda mais “não queremos guerra , mas sim o entendimento (…) temos que trabalharmos juntos, CMT e associações (…) Esperamos que nossos dias melhorem (…)

CIFAIS- MAJ CRUZ- Parabenizou o CMT GERAL , ” toda renovação traz uma esperança”. ” Toda renovação traz  uma esperança (…) Olhando o contexto não se vislumbra algo palpavel ” (…) “espero que o senhor trabalhe o fortalecimento institucional (…) “desejo ao srº um bom trabalho, que o srº compreenda a tropa de uma maneira geral” (…)

RDPMBM

Aderivaldo- Agradeceu o convite da RD para acompanhar a reunião, parabenizou o CMT GERAL e se dispôs a cooperar com o comando pelo bem da corporação e seus integrantes.

Louzeiro- disse que “espera um clima de diálogo” (…) “vamos padronizar o discurso, porque não CATEGORIA no lugar de TROPA ” (…), “entende a missão difícil do COMANDO ” (…) ” o papel das redes sociais deve ser levado em consideração pelo novo comando” (…) “temos que repensar o nosso modelo de polícia” (…) ” a imprensa está no papel dela e é uma briga que nos prejudica”

Ribamar- “Sou o retrato do policial desmotivado”, ” o nosso policial tem seu filho estudando no mesmo colégio que o filho do traficante” (…) levantou a questão da meritocracia (…) “minha média de apreensão de armas era 8 por mês hoje  (…) ”  “atualmente o policial não consegue mais ser herói” (…) “somos o retrato da ingratidão”  (…) 

COMANDANTE GERAL 

Em linhas gerais relatou que há sérios problemas administrativos que não conseguimos (a corporação) ter uma visão holística , do todo. Informou que sua linha de pensamento é não prometer nada (…) todo crédito (politico) ao governador (…) nosso problema é que estamos discutindo fora do conceito . O conceito é o de paridade de tratamento (…) precisamos discutir ideais e não  pessoas (…) é preciso uma aproximação com o deputado Patrício. Citou Neemias, sua inspiração, como um dos maiores estrategista biblícos. 

outros tópicos levantados pelo 01:

1. Criação de um conselho de oficiais superiores (chefes, diretores, comandantes) a fim de democratizar e harmonizar as decisões do COMANDO.

2.Para o SVG há uma proposta de dobrar o valor e as vagas, com revezamento entre POG MOTORIZADO E A PÉ.

3. Não haverá troca no comando das unidades, por enquanto.

4. Fim da portaria de doação de sangue e alteração na portaria que trata das férias;

5. CAP e CAEP deverão ser à distância.

6. Centro Médico (políclinica) deve passar para uma PPP (parceria público privada) com o objetivo de facilitar o gerenciamento do hospital.

7. As sugestões de Reestruturação da carreira PM já está com aproximadamente 41 artigos;

8. A redução do interstício será dentro do previsto na lei 12086/09

9. Em relação ao  novo uniforme  é provável que se amplie o prazo para que o policial possa adquiri-lo .

No final da reunião foi entregue um documento com o resumo das urgências da categoria.

COMENTO

Bem, foi uma reunião longa , mas proveitosa. Como já sentei nesse ano e meio com o CEL GOUVEIA, CEL SUAMY e agora CEL JOOSIEL tenho uma visão sem nenhum vislumbre. O que percebo é que o jogo político do governo está caminhando, como assim? É o Bate e assopraEsse é o momento de assoprar. O cargo de CMT GERAL é indicação política, o rumo agora é outro e ficou bem nítido na fala do novo comandante. Mas o direcionamento quem dá é o chefe maior do executivo e seu partido. Lembram quando dizia aqui que as coisas aconteceriam no tempo do governo, pois é, ao que parece esse “time” está chegando. O problema é que pagamos um preço alto por essa espera, estamos sendo tratados não como profissionais de segurança pública, mas como “votos” (nem eleitores, apenas votos), e o pior, com um cabresto bem curto. Como disse o SGT RIBAMAR “somos o retrato da ingratidão” (do governo para com policiais).  No mais uma boa sorte ao novo comando. Entendo suas limitações, estamos aqui para colaborar com nossa instituição, com a sociedade e com a categoria.

Roner Gama

Fonte: http://rededemocraticapmbm.com.br/reuniao-com-o-cmt-geral-da-pmdf/

Aderivaldo Cardoso
Aderivaldo Cardosohttps://policiamentointeligente.com
Especialista em segurança pública e cidadania, pós graduado pelo Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília
- PUBLICIDADE -

COMENTÁRIOS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -