- PUBLICIDADE -

Operação Falsum Lumen apura fraudes em licitações em Senador Canedo

A Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Combate à Corrupção (Deccor) deflagrou, na manhã desta quarta-feira (23), a Operação Falsum Lumen, com o escopo de dar cumprimento a três mandados de busca e apreensão expedidos pelo Poder Judiciário da Comarca de Senador Canedo/GO. Ao todo, 13 policiais civis participaram da operação. Na oportunidade, um dos alvos foi preso em flagrante posse irregular de arma de fogo.

A diligência da Polícia Civil decorre de investigação em curso na Deccor, que apura fraudes em licitações e contratos perpetradas pelos responsáveis de uma empresa do ramo de materiais elétricos e servidores públicos de Senador Canedo, mediante pagamento de propina.

Preliminarmente, apurou-se que determinados servidores públicos foram beneficiados com a quantia de R$ 81 mil, depositada em parcelas, por um empresário do ramo de materiais elétricos, no período de agosto de 2020 a maio de 2021, a fim de, em tese, ser beneficiado em procedimentos licitatórios e contratações ocorridas no município.

O empresário, que se valeria de “laranjas” para gerir empresas, é investigado em outros inquéritos policiais instaurados na DECCOR, pois teria adotado o mesmo modus operandi em contratos levados a efeito com outras prefeituras de municípios goianos, havendo indícios de movimentações inconsistentes entre o fluxo de mercadorias no estoque da pessoa jurídica e os negócios jurídicos vultosos com as administrações públicas municipais.

Existe, inclusive, a suspeita que materiais elétricos foram pagos, mas não foram entregues em sua totalidade. Dentre essas compras suspeitas, há uma no valor de aproximadamente R$ 5,5 milhões, consignada em nota fiscal única (em apuração conjunta com a Receita Estadual).

Na oportunidade, a Justiça local determinou o bloqueio das contas bancárias e de bens dos investigados no valor de R$ 81 mil. O cumprimento dos mandados de busca, neste momento, é fundamental para angariar mais elementos de informações aptos a robustecerem as apurações em curso, viabilizando, dessa forma, a efetiva e célere conclusão do inquérito policial.

Redação
Redaçãohttps://policiamentointeligente.com
Portal Especializado em Segurança Pública e Política.
- PUBLICIDADE -

COMENTÁRIOS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -