- PUBLICIDADE -

PCGO indicia proprietária de falsa empresa de cursos profissionalizantes

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia de Polícia de Pontalina, concluiu investigação que apurava as condutas de estelionato e falsidade documental, praticadas pela proprietária de uma empresa que oferecia cursos profissionalizantes em toda a região.

Após detalhado levantamento policial, ficou provado que a representante da instituição de ensino utilizou de conversa enganosa para convencer diversas alunas a se matricularem em um curso de técnico em enfermagem. A investigada afirmava que os serviços por ela prestados possuíam convênio com o SENAC, conhecida instituição responsável pelo oferecimento de cursos técnicos e superiores.

Ocorre que as investigações apontaram que esse convênio, bem como os endereços indicados como sede da empresa, não existiam de fato. Insistindo na aplicação da fraude, a indiciada ainda enviou a uma das alunas um diploma falso, o qual foi recusado pelo respectivo conselho de classe durante o registro profissional.

Redação
Redaçãohttps://policiamentointeligente.com
Portal Especializado em Segurança Pública e Política.
- PUBLICIDADE -

COMENTÁRIOS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -