- PUBLICIDADE -

Polícia Militar homenageia subtenente que se dedicou por 32 anos ao serviço operacional

Poucos militares conseguiram passar mais de 30 anos no serviço operacional. Muitos, principalmente no fim da carreira, dedicam-se ao serviço administrativo. O subtenente José Odilson Paraguassu é uma exceção. Foram 32 anos combatendo nas ruas do Distrito Federal.

Para o segundo-tenente Saraiva, o subtenente Paraguassu é um exemplo para a Polícia Militar. “É um legitimo militar conhecedor de suas funções e missões”, elogia. “Atuando sempre de maneira atenta às ordens de serviço, orientando a tropa para as missões e assessorando de forma eficaz o oficial de dia na resolução das demandas”.

O subtenente ingressou na Polícia Militar em 1990. Começou a carreira no atual 19º Batalhão. Desde 2004, compunha a tropa da Patamo, no Batalhão de Policiamento de Choque (BPChoque).

Na quinta-feira (3), Paraguassu despediu-se oficialmente da corporação. Os colegas de farda prestaram grandes homenagens a ele no pátio do BPChoque. Até o tradicional banho gelado foi oferecido como cortesia para que ele nunca esqueça o tempo dedicado à PM.

Depois da cerimônia, o subtenente Paraguassu participou do último patrulhamento com os colegas de Patamo. Em comboio, ele seguiu até o Guará onde mora. Em frente ao seu prédio, a mulher e a filha o aguardavam. Os três foram reverenciados pelos militares do BPChoque, que montaram um corredor para a passagem deles e prestaram continência.

Redação
Redaçãohttps://policiamentointeligente.com
Portal Especializado em Segurança Pública e Política.
- PUBLICIDADE -

COMENTÁRIOS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -