- PUBLICIDADE -

Policiais militares do 14º BPM apreendem 3 armas de fogo em menos de 48 horas • PM/MA

Nesta quarta-feira (23), por volta das 18:00hs, a guarnição do Esquadrão Raio do 14º BPM realizava patrulhamento ostensivo e preventivo no bairro Parque Alvorada I, quando avistou o veículo gol branco, cujo condutor apresentou atitude suspeita ao visualizar os militares. Foi feito realizado o acompanhamento tático e posteriormente a abordagem. Durante a busca veicular, foi encontrada uma (1) arma de fogo municiada, Pistola PT 940 TAURUS cal. 40 S&W. O conduzido apresentou o Certificado de Registro da Arma, porém não apresentou o documento necessário para portar o armamento de forma legal. Desta forma o mesmo foi detido e conduzido à Delegacia de Polícia Civil para as devidas providências legais.

Mais tarde a guarnição de Davinópolis, em rondas ostensivas e preventivas pela zona rural do município depararam-se com 2 indivíduos em uma motocicleta, ao realizarem busca pessoal nos suspeitos foi encontrado com um deles um simulacro de arma de fogo e um revolver calibre .38. Após as buscas foi feita consulta criminal e contra um dos suspeitos foi encontrado um mandado de prisão em aberto. Os 2 suspeitos foram apresentados na delegacia de polícia para serem tomadas as devidas providências

No dia anterior os policiais já haviam prendido outro individuo também pelo crime de porte ilegal de arma de fogo. Dessa vez os militares em rondas pelo bairro Parque Santa Lúcia, na RUA SÃO SIMÃO em um local conhecido por ser reduto de faccionados, ao dobrar a esquina do endereço foram avistados os suspeitos sentados, e os mesmos ao avistarem a guarnição tentaram empreender fuga, quando foi possível perceber o “M” (vulgo cara magra)” se desfazer de um (1) revólver municiado no coldre ao chão. Prontamente os suspeitos foram alcançados, momento em que “F” saiu da residência desacatando a guarnição e tentando impedir a abordagem ao seu sobrinho. Foi dado voz de prisão a mesma, sendo necessário o uso de algemas para contê-la.

Na busca pessoal foi encontrado ainda uma (1) porção de substância análoga à maconha “no bolso do “M”. Indagado sobre a arma encontrada, “M” afirmou ser para sua proteção, que o mesmo tinha comprado por R$3.000 mil reais, de outro faccionado e que este já teria falecido em São Luís em confronto com a Polícia Civil. Ao consultar o número de série do revólver, foi constatado que o mesmo pertence a uma empresa de vigilância, “Real Segurança”, que foi tomado de assalto no dia 21 de julho de 2021 em um cartório da Cidade de Imperatriz.

Os conduzidos já são conhecidos desta guarnição por serem faccionados e pelas práticas de delito. O indivíduo “F” também foi conduzido por tentativa de fuga, impedimento à revista e desobediência. Todos os citados foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil para procedimentos legais.

Redação
Redaçãohttps://policiamentointeligente.com
Portal Especializado em Segurança Pública e Política.
- PUBLICIDADE -

COMENTÁRIOS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -