- PUBLICIDADE -

O abandono do soldado!

Há alguns meses, durante a Conferência de Segurança Pública – etapa regional, tive a oportunidade de conhecer um jovem talentoso e inteligente durante um debate sobre o tema número 5. Enquanto eu defendia a filosofia de polícia comunitária ele defendia o ciclo completo de policiamento. O debate foi tão produtivo que o procurei de imediato. O interessante é que ambos estávamos à paisana (paletó e gravata) e não percebemos que se tratava de dois soldados da policia militar, um que se especializou na área de polícia comunitária e outro que se especializou em análise criminal.
A conversa rendeu tanto que gerou uma amizade. Para minha surpresa descobri que fazíamos parte de um mesmo sistema em tempos outrora e que já havíamos conversado por telefone e trocado algumas informações!
Mas isso não tem muita importância…
O importante nessa história é que ele é extremamente competente. Já foi tradutor em vários cursos operacionais no DF, pois também dá aula de inglês. Em outubro ele estará SENDO PALESTRANTE nos ESTADOS UNIDOS. O tema será ANÁLISE CRIMINAL.
O problema que quero expor aqui é o descaso de nossas autoridades, no que se refere em ajudá-lo. Vários policiais do proerd foram assistir uma apresentação nesse mesmo país, vários oficiais viajam constantemente para o exterior durante suas “viagens de estudo”, mas a PMDF não PODE disponibilizar CINCO MIL REAIS para que ele nos represente, OU SIMPLESMENTE DÊ SUA PALESTRA!
Cheguei a conversar com um presidente de associação, da qual sou sócio e o qual possuí uma agência de viagem com o mesmo nome da Associação (nunca entendi esse fato), mas a “desculpa” é sempre a mesma: “não podemos patrocinar ninguém, pois nosso caixa vive em baixa”… Creio que a partir da próxima semana ficará mais baixo ainda…
Enfim, ninguém ajuda o soldado, que pagará do próprio bolso todas as despesas…
Tô quase iniciando uma campanha para ajudá-lo!!! (se alguém quiser patrociná-lo fique a vontade, é só deixar um recado!!)
Se eu fosse ele tiraria tudo aquilo que lembrasse a PMDF nessa viagem…pena não podermos tirar o coração!
Sem segregação deixo a pergunta:
SE FOSSE OFICIAL ISSO ACONTECERIA?

Aderivaldo Cardoso
Aderivaldo Cardosohttps://policiamentointeligente.com
Especialista em segurança pública e cidadania, pós graduado pelo Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília
- PUBLICIDADE -

COMENTÁRIOS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -