- PUBLICIDADE -

Com apoio de 14 deputados, Policiais Civis conseguem convocação do gestor do Fundo Constitucional

A assembleia geral dos policiais civis aconteceu nesta terça-feira (18), em frent à Camara Legislativa do DF e um dos objetivos para a escolha do local foi pressionar os deputados distritais para que votassem o requerimento de convocação do gestor do Fundo Constitucional. Inicialmente, o presidente do Sinpol, Ciro de Freitas, informou que o Secretário de Administração, Wilmar Lacerda, havia ligado convidando os diretores do Sindicato e demais entidades representativas, para reunião na tarde desta quinta-feira (20), para tratar dos pleitos da categoria.

“Não sabemos exatamente o que será conversado neste encontro, mas temos de continuar mobilizados, pois a greve da categoria está surtindo efeito. Nossa mobilização está fortalecida e a falta de diálogo só aumenta a insatisfação dos policiais. Portanto, esperamos que seja oferecido algo concreto, como por exemplo, o cumprimento do acordo estabelecido pelo governador”, afirmou Ciro de Freitas.
O presidente disse ainda que foi divulgado pela mídia que o índice de criminalidade diminuiu, mas que isso ocorreu porque as ocorrências não estão sendo registradas devido a greve da PCDF: “Não torcemos para que a criminalidade aumente, mas sim que o Governo encontre uma forma de encerrar esta greve”.
O vice-presidente, Luciano Marinho, relatou que já foram encaminhados oito ofícios ao governador, solicitando audiência, mas que até hoje não obtiveram qualquer resposta. “Frente ao silêncio, a greve deve continuar. O governador está encapsulado e demonstra não se preocupar com os rumos do movimento, mas vamos mostrar nossa força e que nossa categoria merece respeito”, destacou.
Logo em seguida, foram feitos os encaminhamentos e os policiais decidiram por realizar nova assembleia, nesta sexta-feira (21), às 15h, em frente ao Palácio do Buriti. Além disso, deliberaram pela elaboração de um abaixo-assinado propondo a criação de uma CPI tanto no âmbito da CLDF, quanto na Câmara Federal. O formulário será preparado pelo Sinpol e enviado aos filiados por email. Os policiais pediram ainda que seja cobrado dos delegados de polícia, a presença nas assembleias, uma vez que são filiados ao Sinpol.  Outro pedido dos policiais é que haja uma caixa, nas assembléias, para o recebimento de sugestões, o que será acatado.

FUNDO CONSTITUCIONAL – Os policiais interromperam a assembleia para acompanharem a sessão de votação da convocação do gestor do Fundo Constitucional. A pressão dos policiais civis, que estiveram na CLDF desde a semana passada deu certo e 14 deputados distritais aprovaram o requerimento. Agora, de acordo com o regimento, em até 30 dias o Subsecretário do Tesouro deve comparecer à Casa para prestar esclarecimentos sobre como estão sendo utilizados os recursos do Fundo.
Ao retornar a assembleia da categoria, o presidente Ciro de Freitas comemorou que mais este importante passo tenha sido dado e afirmou: “Não estamos dizendo que está havendo desvirtuamento do Fundo, mas, como operadores da Segurança Pública temos o direito de saber para onde está indo o dinheiro que deveria estar sendo investido prioritariamente conosco”.
Os vice-presidentes, Luciano Marinho e André Rizzo, agradeceram a todos os parlamentares em especial, ao deputado Wellington Luiz, que fez gestões para que fosse alcançado o quórum na sessão desta terça-feira. “Além disso, sabemos que a força da categoria fez com que os parlamentares se sensibilizassem e votassem em nosso favor. Agora, esperamos que essa convocação seja feita o mais breve possível e que as respostas aos nossos questionamentos em relação ao Fundo Constitucional sejam respondidas”, disse Marinho.
O deputado Wellington Luiz disse que continua trabalhando em prol da categoria e que o resultado de hoje demonstra seu compromisso com os policiais civis do DF. “Aqui vivemos do nosso salário e continuaremos lutando para que sejamos remunerados de acordo o trabalho que desempenhamos, pois protegemos a sociedade e damos nossa vida por ela”, finalizou.

Confira os deputados que votaram a favor da convocação do gestor do Fundo Constitucional:
Wellington Luiz – PPL
Dr Michel – PEN
Cláudio Abrantes – PPS
Wasny de Roure – PT
Liliane Roriz – PSD
Eliana Pedrosa – PSD
Celina Leão – PSD
Washington Mesquita – PSD
Prof. Israel Batista – PEN
Paulo Roriz – DEM
Olair Francisco – PTdoB
Luzia de Paula – PEN
Joe Valle – PSB
Agaciel Maia – PTC
Fonte: http://www.sinpoldf.com.br/sinpol/noticias/item?item_id=379300

Aderivaldo Cardoso
Aderivaldo Cardosohttps://policiamentointeligente.com
Especialista em segurança pública e cidadania, pós graduado pelo Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília
- PUBLICIDADE -

COMENTÁRIOS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -