- PUBLICIDADE -

No Dia Mundial do Diabetes, prevenção recomenda atenção aos hábitos

Quando se ouve falar em diabetes, é comum relacionar a doença ao açúcar. Entretanto, para se prevenir, é preciso saber que existem vários fatores a serem considerados. Com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a prevenção da doença, é comemorado nesta segunda-feira (14) o Dia Mundial do Diabetes. A data foi escolhida pela Federação Internacional de Diabetes (IDF) e pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em 1991.  

Diagnóstico do diabetes é feito por meio de exame de sangue | Foto: Lúcio Bernardo Jr./Agência Brasília

O diabetes é uma doença metabólica e uma das mais comuns e prevalentes. Segundo dados da IDF, em 2021, 537 milhões de pessoas tinham diabetes no mundo. No mesmo ano, o número de mortes causadas pela doença chegou a 6,7 milhões.

A endocrinologia do Hospital de Base é referência no tratamento de diabetes do tipo I, o diabetes insulino-dependente. Recentemente, o Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IgesDF), que gerencia a unidade, implementou várias ações nesse setor. 

“Com a chegada dos novos enfermeiros, criamos o ambulatório de enfermagem de diabetes, onde o profissional atende o paciente e faz um trabalho de educação em diabetes com prevenção, revisão e ensino do uso de insulinas”, explica o chefe do Setor de Endocrinologia do HBDF, Júlio César Ferreira Júnior. “Além disso, temos acompanhamento e apoio de nutricionistas.”

Cuidados preventivos

O médico lembra que  a doença está diretamente associada ao sobrepeso. “A atividade física é primordial. Quanto mais ativa for a pessoa, menor risco de desenvolver diabetes”, atenta. “Recomendamos, no mínimo, duas horas e 30 minutos de atividade física por semana”.

Cuidar da alimentação, orienta ele, também é fundamental: “O ideal é evitar açúcares em geral, doces e também as bebidas açucaradas, e ainda equilibrar a quantidade de massas e evitar os alimentos processados e ultraprocessados”.

Os principais sintomas da doença são sede e fome excessivas, vontade constante de urinar, emagrecimento sem causa aparente, fraqueza e desânimo. O diagnóstico da diabetes é feito pelo exame de sangue. Em caso de dúvidas, pode ser solicitado o procedimento de curva glicêmica. 

*Com informações do IgesDF

Redação
Redaçãohttps://policiamentointeligente.com
Portal Especializado em Segurança Pública e Política.
- PUBLICIDADE -

COMENTÁRIOS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -