- PUBLICIDADE -

Casal que aplicou golpe do novo número em idosos de MG é preso em Aparecida de Goiânia

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por intermédio do Grupo de Repressão a Estelionato e outras Fraudes da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (GREF/DEIC), prendeu, no dia 23 de novembro, em Aparecida de Goiânia, um casal suspeito de integrar um grupo criminoso responsável por aplicar o famoso golpe do novo número em desfavor de idosos residentes na cidade de Caratinga/MG.

Na ocasião, policiais civis do GREF receberam a notícia de que uma mulher de 64 anos e um homem de 68 anos foram enganados após uma pessoa enviar uma mensagem, via aplicativo de mensagem, dizer que era o filho e que precisava fazer uma transferência bancária.

As vítimas, após visualizarem a imagem do filho como foto de perfil, acreditaram estar em um diálogo com ele e, após uma breve conversa, decidiu ajudá-lo. Assim, transferiram os valores solicitados, mas, instantes depois, ambos constaram terem sido vítimas de golpe.

Após tal constatação, as vítimas noticiaram os fatos para os policiais civis do GREF, que, imediatamente, iniciaram as diligências investigativas e constataram que o beneficiário da transação fraudulenta residia na região de Aparecida de Goiânia.

Com essa descoberta, os agentes de polícia realizaram inúmeras diligências e lograram êxito em efetuar a prisão do suspeito no município. Ato contínuo, descobriram que a companheira do investigado também estava envolvida no crime. Os investigadores, ao aprofundarem nas investigações, identificaram que o casal é suspeito ter participado de outro estelionato, ocorrido na semana passada.

Diante de todo panorama, ambos foram autuados em flagrante pela prática do crime de estelionato na modalidade eletrônica e em desfavor de idoso, bem como pela prática do crime de associação criminosa, infrações penais que, somadas, podem alcançar a pena de 14 anos de reclusão.

Os Policiais Civis do GREF/DEIC reforçam a importância de que todo cidadão tenha no momento de realizar qualquer transferência eletrônica, principalmente quando um suposto parente ou amigo solicite o pagamento via aplicativo de mensageira.

Redação
Redaçãohttps://policiamentointeligente.com
Portal Especializado em Segurança Pública e Política.
- PUBLICIDADE -

COMENTÁRIOS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -