- PUBLICIDADE -

Criança desenha agressão e professoras denunciam estupro à delegacia, em Itumbiara

A Polícia Civil de Goiás, por meio das Delegacias Especializadas no Atendimento à Mulher (Deam) e de Apuração de Atos Infracionais (Depai) de Itumbiara, prendeu, na manhã desta segunda-feira (06), um homem investigado pela prática de crime de estupro de vulnerável cometido em desfavor de uma criança.

Após o registro dos fatos nesta delegacia especializada e com a colheita inicial das provas, a autoridade policial titular desta unidade representou pela decretação da prisão preventiva do agressor, justificando a aplicação da medida para garantir a ordem pública, a conveniência da instrução criminal e a aplicação da lei penal.

Pontua-se que o pedido foi feito já nos dias iniciais da investigação e sob sigilo, ante à natureza do delito sendo que, por isso, a identidade da vítima e o grau de parentesco dela com o agressor não poderão ser indicados, visando assim a proteção da vida e da imagem da criança.

Com o mandado de prisão em mãos, os policiais civis desta unidade policial passaram a monitorar os passos do agressor, descobrindo, na manhã de segunda (06), o seu paradeiro, ocasião em que a decisão foi devidamente cumprida.

Uma vez autuado, o autor foi recolhido ao presídio de Itumbiara onde permanecerá à disposição da justiça.

O crime em apuração foi descoberto após a vítima representar, em um desenho feito em sala de aula, o abuso sexual por ela sofrido. Durante a atividade, a menor desenhou um homem saindo do quarto de sua companheira e se dirigindo até o seu, retratando que era abusada sexualmente na residência da família.

As professoras da criança procuraram o conselho tutelar desta cidade, ocasião em que os fatos foram registrados na delegacia de polícia.

Importante salientar que a atividade aplicada na escola visou a conscientização quanto ao combate de crimes sexuais contra menores e foi aplicada em todas as escolas públicas do município no mês de maio. Trata-se de ferramenta importante no combate dessas formas de exploração sexual e que foi conduzida com excelência pela equipe dos profissionais da educação infanto-juvenil de Itumbiara.

Redação
Redaçãohttps://policiamentointeligente.com
Portal Especializado em Segurança Pública e Política.
- PUBLICIDADE -

COMENTÁRIOS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -