- PUBLICIDADE -

Disparo em via pública – Como evitar?

Cada vez que vejo uma notícia como essa lembro-me da empolgação da juventude e dos erros cometidos. Quando atuei no 3º BPM éramos meninos com PODER DE POLÍCIA. Jovens garotos achando que ser polícia significava andar na contramão, dar carteirada, abordar quem quisesse, bater em quem precisasse (como país que educam filhos), dar tiro sem pensar nas consequências…
Lembro-me que em menos de um mês minha equipe já havia realizado mais de dez disparos pela Asa Norte (bairro nobre de Brasília), até o dia em que fizemos uma reunião e questionamos nossas práticas. Nesse dia arrumei alguns inimigos, mas repensamos nossos atos e graças ao bom Deus nunca tivemos problemas. É preciso repensarmos nossas práticas diárias e reeditarmos nossos comportamentos, caso contrário seremos os mais PREJUDICADOS…
Um dia aprendi com o exemplo de um companheiro em frente ao Brasília Shopping que projétil não para carro, PARA SOMENTE A VIDA HUMANA, DESTRÓI FAMÍLIAS, ENTERRA SONHOS…
Precisamos aprender que o maior bem é a vida, mesmo que seja a do bandido, e que INFRAÇÃO DE TRÂNSITO NÃO É CRIME, É MERAMENTE UMA INFRAÇÃO ADMINISTRATIVA, NÃO PUNÍVEL PENALMENTE, MAS PUNÍVEL SOMENTE NO ÂMBITO ADMINISTRATIVO. Ninguém é preso por fazer transporte pirata. Necessitamos aprender muito sobre algo chamado: PRINCÍPIO DA PROPORCIONALIDADE!
Que possamos refletir sobre isso nesse dia…
PMs que atiraram em motorista são afastados
Policiais atingiram motorista suspeito de fazer transporte pirata no Eixão Norte e afirmam que miraram apenas os pneus. Armas vão passar por perícia.
Os cinco policiais militares que atiraram num homem suspeito de fazer transporte pirata na Asa Norte foram afastados das ruas nesta terça-feira, dia 04. As armas dos cinco PMs também foram apreendidas e vão passar por uma perícia para saber de qual delas partiu o tiro que atingiu o motorista Élcio de Jesus.
Os policiais dizem que miraram nos pneus do veículo, mas pelo menos um dos disparos atingiu o vidro esquerdo, bem acima das rodas. Por enquanto, todos estão afastados das funções, e podem responder por crime de lesão corporal.
O condutor tentou fugir depois de ser abordado pelos policiais. Ele fez manobras proibidas no Eixão Norte e bateu em dois carros. Hoje, a polícia informou que ele já tem duas passagens pela delegacia, uma por assalto e outra por lesão corporal de trânsito. Élcio foi medicado no Hospital de Base e não corre risco de morte. Se comprovado o crime, os policias militares podem pegar de três meses a um ano de detenção.
Fonte: DFTV

Aderivaldo Cardoso
Aderivaldo Cardosohttps://policiamentointeligente.com
Especialista em segurança pública e cidadania, pós graduado pelo Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília
- PUBLICIDADE -

COMENTÁRIOS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -