- PUBLICIDADE -

Congresso de Juventude: O que eles estão pensando?

Sempre gostei de trabalhar com jovens, pois sempre acreditei que eles são o futuro do nosso país e que esse futuro será resultado de nosso presente.
Ser jovem não é um questão de idade, mas sim de espírito, mas infelizmente a idade define o fim da transição entre ser jovem e ser adulto. Passei por esse processo recentemente.
Esse ano participei de Conferências livres de segurança pública, com jovens de vários lugares do Distrito Federal e no último final de semana estive em um Congresso de Juventude no Estado de São Paulo, mais precisamente em Praia Grande. Com eles tenho aprendido o que é MOBILIZAÇÃO SOCIAL, um dos pontos principais do método, dentro do policiamento comunitário!
Esse último congresso foi marcante, pois foi a despedida dessa fase de minha vida. Foi bom rever companheiros que acreditam nesse Brasil, me arrepei ao ouvir discursos que não se distanciam das práticas, como da grande maioria, vi jovens chorando por estarem participando de seu último congresso como parte da juventude.
Discutimos nosso futuro, nossas metas, nossas conquistas e derrotas. Assuntos polêmicos foram alvos de protestos e discordâncias, a descriminalização da maconha e do aborto foram os pontos mais críticos. Momentos de tumulto marcaram essa discussão, mas a democracia prevaleceu. É maravilhoso discutir essas questões com amigos (jovens) jornalistas, cientistas políticos, sociólogos, administradores, especialistas em várias áreas de gestão. Aprendi muito com o jovem André Dutra, blogueiro e estudante de Relações Internacionais (ou Relação Exterior para alguns) no IESB, sobre o avanço do Crack em Brasília e a expansão da Merla em outros Estados.
O Pré-sal e seu futuro também esteve presente constantemente em nossos discursos. O nacionalismo e o trabalhismo jamais ficariam de fora.
Participar de congressos de jovens é se antecipar aos debates, muito do que é discutido hoje será colocado em pauta somente daqui a dez ou vinte anos, quando esses jovens estiverem no poder. Debater com eles é exercitar nossos pré-conceitos e reavaliar constantemente nossos conceitos!
Ser jovem é sonhar, mais do que isso é colocar em prática os seus sonhos.
Ser jovem é acreditar na mudança, mesmo que ela pareça impossível!
Ser jovem é nunca desistir do impossível!
Viva a Juventude Brasileira!
Viva o Brasil!
Obrigado pelo presente!

Aderivaldo Cardoso
Aderivaldo Cardosohttps://policiamentointeligente.com
Especialista em segurança pública e cidadania, pós graduado pelo Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília
- PUBLICIDADE -

COMENTÁRIOS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -