- PUBLICIDADE -

A "Ordem de Serviço" é incontestável ou imutável?

O serviço voluntário pode se tornar um ótimo laboratório para quem gosta de estudar a polícia a fundo, mas está no serviço de expediente. Você passa a ver as “dificuldades” e as “vantagens” de se estar trabalhando na rua.
Cada serviço é uma experiência nova. Esse final de semana, por exemplo, foi maravilhoso para quem gosta de perceber os “detalhes” de nossa Instituição. Tive a oportunidade de trabalhar dois dias seguidos em duas Unidades próximas e semelhantes: 1º BPM e 3º BPM.
No primeiro dia ficou clara a INEFICIÊNCIA na distribuição do policiamento, no segundo também, levando-nos a conclusão de que existe algo “errado” nessa área. Problemas semelhantes, situações diferentes.
Uma dúvida surgiu em um dos serviços:
UMA ORDEM DE SERVIÇO PODE SER ALTERADA, DEVIDO A NECESSIDADE, CONVENIÊNCIA E EFICÁCIA DO SERVIÇO?
No dia ficou parecendo que não! Imagine constar em uma ordem de serviço 5 (cinco) quadras a serem policiadas e mais de dez policiais para executar o serviço. E a distribuição ser feita somente nessas cinco quadras devido a “Ordem de Serviço”, chegando o absurdo de termos 5 policiais em uma única comercial e vários moradores reclamando por falta de policiamento em suas quadras!
Aparentemente, uma grande falta de planejamento ou “bom senso”…
Agora imagine uma outra situação envolvendo novamente “ordem superior” em uma “Ordem de Serviço”.
Você chega para trabalhar com um “colete operacional”, que possui o coldre na frente, e tem uma “ordem” para usar o “colete refletivo”…
O que você faz?
O uso do “colete operacional” é regulamentado? Se não, por que todos nós usamos?
Existe alguma regulamentação sobre o uso de colete refletivo?
O CUMPRIMENTO DE UMA DETERMINAÇÃO VALE MAIS QUE A SEGURANÇA DO POLICIAL?
Você já tentou sacar uma arma no “colete operacional” usando um “colete refletivo”?

Observe o coldre a frente do colete

Tem idéia de que a arma prende no “colete refletivo” e que isso pode matar o policial em uma emergência?

Onde está o PARECER TÉCNICO que “recomenda” não utilizar o “colete refletivo”, quando se está utilizando o “colete operacional”?
Creio que alguns desconheçam que o “bom senso” às vezes ajuda na falta de normas claras! Mas infelizmente ele muda de pessoa para pessoa, o que nos remete a necessidade da norma!
Por incrível que pareça, já recebi ordens para utilizar por cima do “colete operacional”, sob pena de ser preso por “descumprimento de ordem”, um colete refletivo utilizado no trânsito que é totalmente fechado…
Como sacar uma arma com esse tipo de colete?

É necessário dirimir essas é outras questões para que possamos crescer ainda mais enquanto Instituição e indivíduos!
“As pessoas geralmente brigam porque não conseguem argumentar.” (G. K. Chesterton)

Aderivaldo Cardoso
Aderivaldo Cardosohttps://policiamentointeligente.com
Especialista em segurança pública e cidadania, pós graduado pelo Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília
- PUBLICIDADE -

COMENTÁRIOS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -