- PUBLICIDADE -

Hospital Centro-Norte oferece cirurgia de reconstrução de face

O Hospital Estadual Centro-Norte Goiano (HCN), localizado em Uruaçu, passou a oferecer, neste mês, cirurgia de traumatologia do complexo bucomaxilofacial, segmento odontológico que atende a casos de alta complexidade, ocasionados por acidentes e outras indicações patológicas para reconstrução facial.

A intervenção foi indicada a dois pacientes que sofreram acidentes com traumas e fraturas na região da face. Uma das pessoas foi uma mulher de 35 anos. “Ela sofreu uma queda da própria altura. Devido ao trauma, ficou com dificuldades respiratórias e rinoescoliose, pois o nariz ficou bastante torto. Realizamos a cirurgia e deixamos o nariz da paciente o mais próximo do normal, fizemos tamponamento nasal, que foi removido após 48 horas”, explica o cirurgião-dentista do HCN, Leandro Costa.

Já o outro paciente foi um homem de 60 anos, regulado para o procedimento devido a um acidente motociclístico. Nos dois casos, a recuperação foi rápida e ambos tiveram alta. Nesse sentido, o especialista em cirurgia bucomaxilofacial pontua que o pós-operatório costuma ser tranquilo. “Em poucos dias de acompanhamento, o paciente já consegue ter alta e se alimentar em casa com as devidas orientações”, ressalta Costa.

Equipe capacitada

Vale reforçar que os profissionais odontólogos que realizam a cirurgia bucomaxilofacial possuem uma extensa especialização. O que evidencia o investimento do HCN na formação de equipe multiprofissional e altamente capacitada. Atualmente, fazem parte do quadro do hospital dentistas, enfermeiros, médicos, assistentes sociais, farmacêuticos, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, entre outros colaboradores de áreas diversas.

“Essa é uma especialidade odontológica que exige grande especialização para o profissional já formado em odontologia. São cerca de três anos de aperfeiçoamento a mais em vivência hospitalar. O procedimento abrange a região acima do osso hioide (que fica na parte anterior do pescoço) e abaixo da linha do glabelar (local entre as sobrancelhas)”, destaca Costa.

Fluxo de atendimento

Com a realização do novo procedimento, a população do Centro-Norte Goiano fica ainda mais assistida. “Antes, o paciente que tinha fratura ou trauma na face tinha de ser direcionado para outra unidade em uma cidade distante. Então, essa implementação no complexo melhora toda a logística hospitalar da região, além de ser um grande benefício para a assistência à saúde dos moradores de Uruaçu e cidades do entorno”, reforça o cirurgião-dentista.

A opinião vem ao encontro da direção do hospital: “Sem dúvida, estamos conseguindo atender à estratégia do Estado de inverter o fluxo de atendimento e regionalizar a saúde”, completa Getro de Oliveira Pádua, diretor do Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento (Imed), organização social que administra o HCN.

Redação
Redaçãohttps://policiamentointeligente.com
Portal Especializado em Segurança Pública e Política.
- PUBLICIDADE -

COMENTÁRIOS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -