- PUBLICIDADE -

Missão dada é missão cumprida! O Foco é na missão! Isonomia salarial é a missão!

Durante um ano tenho debatido sobre liderança. Uma vez por semana tomava café com o SGT  RONNER GAMA, aonde discutíamos e analisávamos os cenários que nos eram apresentados. A primeira fase foi cumprida por ele de forma espetacular. Garantimos um aumento de R$ 200, 00 (duzentos reais) improvável, na Etapa Alimentação. Mais ainda temos que cumprir os outros objetivos.   LIDERAR É INFLUENCIAR PESSOAS! Precisamos compreender isso em nosso meio para atingirmos nossos objetivos. Nosso objetivo é a ISONOMIA SALARIAL COM OS ÓRGÃOS DA SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA.

Todo policial torna-se um líder neste momento. Todo policial tem a obrigação moral de influenciar aqueles que estão a sua volta para atingirmos nosso objetivo. A mudança ocorre do MICRO (individual) para o MACRO (coletivo).
Vamos fazer uma breve retrospectiva de minhas falas durante o processo reivindicatório este ano. Espero que compreendam cada uma delas. O FOCO É A MISSÃO! TODOS SÃO IMPORTANTES NESTE MOMENTO, mas o mais importante é atingirmos o objetivo! O objetivo coletivo é mais importante que o individual!
O que eu disse em 26 DE FEVEREIRO DE 2012!
A diferença média em todos os postos e graduações para uma equiparação com a polícia civil é de três mil reais. Em minha opinião é com base neste valor que devemos negociar para uma equiparação, mesmo que seja até 2014, incluindo soldados e cabos, não somente a partir de sargentos como se tem ventilado. Devemos dividir esse valor em cinco pontos principais:
1) R$ 400,00 para a etapa alimentação;
2) R$ 400, 00 para um possível auxílio transporte;
3) Antecipação do risco de morte;
4) 20% dos reajustes do Fundo Constitucional nos últimos anos;
5) Dividir o restante para a equiparação em duas parcelas: Uma no primeiro semestre de 2014 e outra no segundo semestre.
Tudo isso aprovado no orçamento para o próximo ano! A questão de colocarmos o auxílio transporte e a etapa alimentação é o fortalecimento do discurso do menor impacto na folha…
http://aderivaldo23.wordpress.com/2012/02/26/uma-reflexao-sobre-o-nosso-movimento-reivindicatorio/
O que eu dizia em 03 de Março de 2012
Precisamos nos manter coesos, unidos em prol de nossos objetivos. Continuar mobilizados, mesmo que a luta dure um dia, um mês, um ano! Não podemos esquecer que a mobilização deve ser inteligente e coordenada. Não podemos cansar a tropa. Dia 15 de março foi um curto espaço de tempo. As próximas reuniões devem ser mais distantes umas das outras para não cansarmos os companheiros. Caso contrário poderemos esvaziar o movimento como já ocorrera em outrora.
http://aderivaldo23.wordpress.com/2012/03/03/uma-analise-da-assembleia-dos-policiais-militares-e-bombeiros-do-df-dia-02-de-marco-de-2012/
O que eu disse em 05 de Março de 2012!
Política salarial se faz de um ano para o outro. Estamos no caminho certo. Precisamos negociar com a bancada do DF. Precisamos dialogar com o Governo local e federal. Precisamos fazer lobby no MPOG (Ministério do Planejamento, Orcamento e Gestão), na Casa Civil e no Congresso Nacional. Quando entramos em um determinado emprego, normalmente, trabalhamos um mês para depois recebermos nosso salário. Movimento sindical é assim também. Não conhecemos essa lógica porque nunca fizemos isso. Por isso, temos dificuldade com o novo, com a mudança de paradigma. Sempre fomos imediatistas e ganhamos migalhas. Alguém já parou para pensar porque o Detran e a Polícia Civil sempre ganham aumentos de um ano para o outro? O segredo é que eles negociam nos bastidores antes. Fazem a política dos bastidores. Atualmente estamos aprendendo a fazer, mas isso leva tempo! Precisamos ter paciência e fé, pois a construção é diária. Fé é coragem com esperança. É a coragem de lutar e nunca desistir e a esperança de que iremos conquistar nosso objetivo.
Nosso movimento, apesar de ser inteligente, corre sérios riscos nos próximos dias. Existe um risco de nos desmobilizarmos devido ao tempo que iremos negociar. Creio que vá se arrastar até o segundo semestre. É um processo natural.
http://aderivaldo23.wordpress.com/2012/03/05/uma-analise-do-atual-movimento-inteligente-da-corporacao-e-o-risco-de-radicalizacao-nos-proximos-dias

O que eu disse ontem?
Uma representação interessante sobre o Movimento Unificado, que já não é mais “unificado”, é o de uma “CORRIDA DE REVEZAMENTO COM OBSTÁCULOS”, o foco não deve ser os “corredores”, mas sim o “título”, a “missão”. Em breve saberemos se o “bastão” foi passado e as atuais “lideranças” serão legitimadas.
Qual é a missão?
A redução das diferenças salariais entre os componentes do sistema de segurança pública e quiça a equiparação salarial.
Entramos em outra fase! Precisamos de novas lideranças! Temos um problema entre as POTENCIAIS lideranças da Corporação (futuro) E é preciso resolvê-lo:
Plano de ação para solucionar um problema:
1) Identifique com clareza o problema;
2) Entre em acordo para solucioná-lo;
3) Dê mostras que evidenciem a solução do problema;
4) Crie uma estrutura confiável, com cronograma e a delegação de responsabilidades;
5) Estabeleça um prazo para a realização do plano;
6) Ambas as partes devem se comprometer a fazer do problema coisa do passado, depois de resolvido.
RESPEITO NÃO SE EXIGE! RESPEITO SE CONQUISTA! VAMOS CONQUISTÁ-LO! SEPARADOS SOMOS FORTES, JUNTOS SOMOS IMBATÍVEIS! PENSEM NISSO!
Sobre poder é preciso compreender:
“Onde há poder, ele se exerce. Ninguém é, propriamente falando, seu titular; e, no entanto, ele sempre se exerce em determinada direção, com uns de um lado e outros do outro; não se sabe ao certo quem o detém, mas se sabe quem não o possui.” (Foucault)

Aderivaldo Cardoso
Aderivaldo Cardosohttps://policiamentointeligente.com
Especialista em segurança pública e cidadania, pós graduado pelo Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília
- PUBLICIDADE -

COMENTÁRIOS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -