- PUBLICIDADE -

PM agiu certo quando HARAN não quis atender paciente. Comandante garante que ele não foi transferido!

Texto retirado do Blog do Edgar Lisboa:
A respeito da matéria publicada no blog “PM transfere policial que exigiu atendimento a paciente no HARAN”, recebi do Tenente Coronel, Leonardo Sant’Anna – Comandante do 3º Batalhão da Polícia Militar os esclarecimentos do episódio em que o HARAN não quis atender paciente apresentado pelo por soldado Gurgel da PM. Afora isso, o Diretor do Hospital ameaçou o policial e tentou intimidá-lo com o famoso e conhecido carteiraço, que era bastante usado, em Brasília, em outros tempos. Fico feliz com a mensagem postada pelo tenente coronel Sant’Anna que mostra que a Policia Militar do Distrito Federal mantém sua postura e independência e também zela para que os ânimos não se exaltem ainda mais em conflito.
A seguir, a íntegra da nota postada pelo Comandante do 3º Batalhão de Polícia Militar:
Ten Cel. Sant’Anna – Comandante do 3º Batalhão da PMDF:
“Caro Senhor Edgar Lisboa, Como comandante do 3º Batalhão da PMDF, unidade policial militar a qual pertence o Soldado Gurgel, assevero-lhe que o citado profissional de segurança pública não foi transferido. O título de sua matéria, até onde percebo, está induzindo os leitores de seu blog a um grave erro de percepção do que é a PMDF atualmente, bem como de minhas atitudes, o que me afeta diretamente. O que ocorreu foi, mais uma vez, um infeliz erro de interpretação e divulgação da Rede Globo, que adiantou-se em tentar prever um futuro inexistente e descabido. A atitude do Soldado Gurgel (policial sério e de conduta ilibada) foi correta e espelha o respeito à dignidade que deve ser dispensada a qualquer cidadão, rico ou pobre, com sólida moradia ou sem teto, demonstrando proximidade ímpar com os preceitos relacionados aos Direitos Humanos e ao ideal de SERVIR E PROTEGER. A saída dele do local deveu-se ao cenário de ausência de diálogo que fora construído, não cabendo, então, sua permanência naquele nosocômio. A continuidade dele naquele local poderia ensejar conflito verbal maior do que o que foi divulgado por meio daquela rede de televisão. E apenas isso. Destarte, solicito cordialmente que o senhor remodele a notícia ou poste novo texto, dessa vez informando a verdade sobre os fatos. Fraternal abraço, Tenente Coronel Leonardo Sant’Anna – Comandante do 3º Batalhão.”.
Do Comando do 3º Batalhão da PM eu não esperava outra coisa. Mas o que me intriga é o “comando” do HARAN, cujo hospital está sob a responsabilidade direta do governador Agnelo Queiroz, que assumiu, em campanha, o compromisso de ser a também o secretário da Saúde, mas parece que não está dando conta do recado. O HARAN continua fazendo as suas sem ninguém tomar providências. Governador, o respeito à população ou não, pode marcar sua passagem pelo Buriti ou deixar marcas difíceis de apagar. Pense nisso.
A matéria publicada no blog e distribuída pela Agência Texto Final de Notícias foi veiculada no DF TV, da TV Globo, na quinta-feira. Abaixo o link para o texto publicado:
http://www.edgarlisboa.com.br/?p=31887
Fonte: http://www.edgarlisboa.com.br/?p=31968
Parabéns ao repórter e blogueiro, Edgar Lisboa, pelo respeito e consideração demonstrada a nós Policiais Militares do DF. É preciso muita coragem e caráter para rever atitudes.

Aderivaldo Cardoso
Aderivaldo Cardosohttps://policiamentointeligente.com
Especialista em segurança pública e cidadania, pós graduado pelo Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília
- PUBLICIDADE -

COMENTÁRIOS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -