- PUBLICIDADE -

Não podemos reclamar daquilo que toleramos!

Como venho fazendo há algum tempo, aos finais de semana, hoje quero escrever mais um daqueles textos reflexivos dos quais podem se recusar a ler.
Gostaria de refletir sobre respeito e tolerância!
Acredito que perdemos tudo aquilo que não respeitamos e não temos o direito de reclamar do que toleramos! Perdemos o respeito da sociedade por não respeitá-la!
Durante anos desrespeitamos o cidadão, cometendo abusos dos mais variados tipos. Durante muito tempo desrespeitamos os direitos humanos dentro e fora das Corporações. Toleramos a violência, o desrespeito, a falta de ética, a corrupção.
Como “exigir” respeito de uma população que foi abusada por nós durante tanto tempo?
Como “exigir” respeito de uma tropa que foi violentada, física e psicologicamente, durante quase duzentos anos?
Como nos aproximar de alguém que guarda tanta mágoa de nosso passado?

O policiamento preventivo precisa quebrar esse paradigma para evoluir!
Afastamos o cidadão porque o desrespeitamos. Atraímos a violência para o nosso dia a dia porque a toleramos em nosso meio!
É preciso repensar nossas práticas, de forma a ingressarmos em uma nova era, em um novo tempo. Quando passarmos a respeitar o cidadão e a tropa iniciaremos um círculo “vicioso do bem” que trará grandes benefícios para nossa Corporação! Esse processo foi iniciado nos últimos anos…
Precisamos deixar o orgulho de lado e reconhecer nossas falhas e nossos erros do presente e do passado! Somos resultado de nossas escolhas. O que escolhermos hoje definirá que Corporação nós teremos daqui a dez anos!

Aderivaldo Cardoso
Aderivaldo Cardosohttps://policiamentointeligente.com
Especialista em segurança pública e cidadania, pós graduado pelo Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília
- PUBLICIDADE -

COMENTÁRIOS

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -